Dentro da História: mais governança e menos burocracia na gestão financeira

Já imaginou como seria se seu filho fosse um personagem de um livro de aventuras? Se não conseguiu imaginar, a “Dentro da História” já pensou nisso por você. Desde 2016, a startup cria livros personalizados com personagens do mundo real e ainda ensinam finanças de uma maneira lúdica para os pequenos.

Como toda startup, parte do enredo é crescer de maneira escalável. Para continuar os próximos capítulos do negócio, a captação de recursos é outra preocupação. Em 2018, a Sinapse Finance foi chamada para mergulhar dentro dessa história e ser protagonista na gestão financeira do negócio. Quem conta um pouco mais da entrada desse novo personagem é André Campelo, CEO da startup. 

Antes da chegada das soluções em gestão financeira da Sinapse, André relembra que o time de finanças não era sênior e muito reduzido. Com a implementação do modelo CFO as a Service exclusivo da Sinapse, o negócio ganhou não só inteligência e tecnologia em gestão financeira, como também apoio e expertise na captação de investimentos. 

Segundo André, o modelo CFO as a Service trouxe a união entre consultoria e serviço financeiro, com uma visão estratégica para o negócio. “Acho que o diferencial é essa proximidade dos sócios, que são mais seniores, para entenderem seu negócio, e se comportarem como CFO que estivesse dentro da companhia, mesmo não estando”, ele conta. 

Depois de 3 meses de atuação, os processos financeiros e administrativos foram melhor estruturados. Além disso, houve aumento da governança na startup, criando mais camadas de gestão com menos burocracia. 

Sobre a diferença que a Sinapse fez na história da empresa, André explica: “O impacto, além de gerar inteligência competitiva, com melhores modelagens, melhor visão do nosso próprio negócio. Isso é importante para uma empresa que está crescendo e que tem investidores”.